Ortorexia: O que é? Veja se você apresenta algum sintoma.

Ortorexia

Ortorexia? Você pode estar achando este nome bastante estranho, porém este problema pode estar mais perto do que você imagina. Com a obsessão da busca do corpo perfeito, criado pelas grandes mídias, tem feito com que grande parte das mulheres, e homens, procurem cada vez mais alternativas para se encaixar no padrão imposto. Muitas vezes, esta procura acaba se tornando algo que ultrapassa os limites da normalidade, e é aí que mora o perigo.

O que é ORTOREXIA?

Especialistas tratam a ortorexia como uma variação dos distúrbios alimentares, pois ainda não se enquadra nos quadros de doenças. Pode-se caracterizar por um desejo excessivo pela busca e consumo de alimentos que sejam “corretos”, em perfeito estado de conservação, limpos e saudáveis, por mais que possa parecer que seja o certo a se fazer, este costume pode virar uma forma descontrolada de busca da “perfeição alimentar”, causando mal a quem está passando por isso e também, quem está próximo à pessoa.  

O diagnóstico

Por se tratar ainda de uma variação dos distúrbios alimentares, a Ortorexia pode ser confundida coma anorexia e bulimia, porém, existe uma diferença entre elas. Quem sofre com ortorexia não passa pelo medo constante de engordar, e sim de estar se alimentando de maneira correta, onde os alimentos são saudáveis e limpos. Um exemplo clássico é a preocupação excessiva dos alimentos em contato com recipientes que contenham em sua composição alguns elementos que possam fazer mal à saúde. 

*É importante lembrar que os cuidados com a alimentação é muito importante para a nossa saúde, porém quando sentir que algumas atitudes suas ou de alguém próximo, estiver atrapalhando a vida social, procure um especialista.

Quais são as possíveis causas?

É bastante complicado identificar as principais causas que podem levar à Ortorexia, sendo que o diagnóstico deve ser dado por um especialista e pode levar algum tempo, entretanto, algumas causas comuns a este problema podem ser ressaltadas. Fatores culturais e psicológicos podem estar envolvidos e geralmente o desenvolvimento deste transtorno se da quando a pessoa começa uma busca por alimentos saudáveis (O que é ótimo) porém, ela começa a ultrapassar alguns limites da normalidade, transformando esta busca em uma obsessão “doentia.”

A televisão e a internet, podem influenciar o desenvolvimento da ortorexia, devido às contantes divulgações de dietas milagrosas, lista de alimentos saudáveis, onde a maioria não tem embasamento científico, além da geração de influenciadores que acabam criando uma ideia de que a “vida ideal” só se consegue se seguir determinados passos.

Sintomas da ortorexia

Importante lembrar que você nunca deve chegar a um diagnóstico através de informações contidas na internet, o certo é sempre buscar um profissional para que ele analise o seu caso como deve ser. Para que você possa se informar, segue abaixo os principais sintomas que a pessoa com o distúrbio, pode apresentar.

  • A pessoa começa a falar apenas sobre alimentação, tornando o assunto principal de suas conversas, seja explicando como a sua alimentação é saudável ou até criticando os hábitos alimentares de pessoas próximas.
  • Não colocam em sua comida nenhum tipo de sal, açúcar ou gordura, mesmo as "saudáveis" que, muitas vezes, são necessárias para o corpo.
  • O convívio social é afetado. É bastante comum, pessoas que sofrem com este mal, deixarem de ir em casa de amigos, festas de aniversário e casamentos por acharem que nenhum alimento será perfeito para consumir.
  • Passar muito tempo decidindo qual será o seu prato, pois ele irá precisar analisar todas as propriedades de cada alimento que fará parte da sua refeição.
  • Tem um humor instável ( Bastante comum em pessoas que sofrem com algum transtorno alimentar)
  • Preocupação constante com doenças que podem ser causadas por ingestão de alimentos, considerados por eles, incompletos( nutricional) e que não estejam limpos( na visão de quem sofre com o distúrbio)
  • Geralmente são inflexíveis e dificilmente sairão do seu padrão alimentar, em algumas situações, podem chegar até passar fome se o alimento ideal não for encontrado.

Qual profissional eu devo procurar?

Mesmo que alguns especialistas e estudiosos não considerem este problema um transtorno e sim uma variação, o ideal é procurar os seguintes profissionais: Médico Psiquiatra, Médico nutrólogo, Nutricionista e Psicólogo.

Quero realizar uma mudança radical na minha alimentação, mas agora tenho medo de desenvolver Ortorexia. O que eu faço?

Primeiramente é ter calma e pensar que um transtorno não se desenvolve de uma maneira tão simples como você está imaginando. Alguns fatores serão necessários para que você seja diagnosticado com este transtorno, porém, todo cuidado é pouco, por isso que toda mudança na alimentação, tem a necessidade de ser acompanhada por um profissional habilitado, e é o que vamos te mostrar agora.

Médica nutróloga online

Gostaríamos de apresentar a Dra. Karen Muñoz Obino, médica nutróloga, com ampla experiência na área.  Hoje ela está com um programa online chamado “Mudando para emagrecer”, que irá te ensinar a forma correta de se alimentar e  praticar exercícios físicos sem deixar de lado a sua saúde. 

Como faço para saber mais sobre o programa?

O mundo pró-saúde tem um artigo especial com vídeos e fotos sobre o programa, que você pode acessar através do link, “Mudando para emagrecer”, ou se preferir pode ir direto para o site oficial (ícone à esquerda) e saber como se beneficiar com este programa. Não perca tempo.

Please follow and like us:
Facebook0
Facebook
Pinterest
Twitter
Follow by Email